quinta-feira, 2 de novembro de 2017

SAUDADES DO MEU AVIÃO. Que saudade !

Saudades é uma coisa incrível. Se sentirmos saudades de algo ou de alguém é porque o objeto da saudade nos trouxe felicidade, alegria e bons momentos. É a saudade de quem voou um avião memorável e o fato é que depois que vendi esse avião ele não teve um bom destino. Algum erro de pilotagem a bem da verdade selou o destino dum grande avião e ele apesar de não ter ferido ninguém acabou desmontado, jogado no fundo de um hangar, canibalizado. Tristeza e saudade esse são o meu sentimento hoje. 

Tive inúmeros aviões ao longo da minha vida. Todos nos deram muita alegria e felicidade e quando os vendi, seus novos proprietários também ficaram felizes com eles. Estão voando até hoje, mas o Cessna-170A PT-BJO não teve a mesma sorte. Em surdina noticias dele chegaram para mim. O avião morreu duas vezes. Quando teve o acidente e foi aposentado e depois quando virou desmanche. Por isso a saudade dói. A saudade é a insistência da memória de manter vivo, presente e perto de nós o que já se foi e não temos mais. Esse avião apelidado carinhosamente de “BEJO” nos deu além da alegria, muito dinheiro. 
O fato é que sobrevivemos com ele fazendo lançamentos de paraquedistas, voos panorâmicos, fotografias, algumas viagens, voos de coqueluche e outros tantos. Não podemos mais falar, olha ali o "BJO". Ele se foi, cumpriu orgulhosamente seu destino, pois a saudade é a memória viva que não morre. Ficaram as doces lembranças e as fotos de um passado que se foi, cheio de felicidade já vivida !


                                                                                       JATAÍ -GO

                                   DELFINO e o fotógrafo JOÃO RODRIGUES da VOARTE de Londrina-PR

                                                                       JABOTICABAL-SP, SDJC


                                                                                        MATÃO-SP, SDLY.
                                                                      CORNÉLIO PROCÓPIO-PR
JABOTICABAL-SP/SDJC. Jairo e Betty
                                                                             SERRA AZUL -SP
                                                        USINA SÃO MARTINHO, Pradópolis-SP
                                                                                       JATAÍ -GO
                                                                                       JATAÍ -GO
                                                                          MATÃO-SP, SDLY.
                                                                                  MATÃO-SP, SDLY.
                                                                              MATÃO-SP, SDLY.
                                                                           JABOTICABAL-SP, SDJC
 MATÃO-SP, SDLY.
______________________________________________________________________________________________________
PT-BJO...uma história de vida !

Adquiri o PT-BJO em 03.09.1985 e convivi com essa sensacional aeronave por alguns anos. Voamos muito, acredito que mais de 3.000 horas. Fiz duas vezes o motor por completo. De stander, par 0,10 e 0,15. Voamos boa parte dos Estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia. Sua história de vida e serviços prestados é muito bonita.
Tudo começou no ano de 1949 quando foi importado por SVEN CECIL WERNER URBAN residente em São Paulo-SP e chegou no Brasil, recebendo a sua primeira Certidão de Nascimento e tendo sido batizado com o prefixo PP-DXQ. Ele tinha três tanques de combustível, 02 nas asas e 01 auxiliar na fuselagem.
Em 31AGOSTO1953, foi vendida e transferida para o Governo do Estado de Pernambuco, agregado a Secretária de Agricultura, Industria e Comercio sediado na cidade de Recife-PE, classificando-se a referida aeronave na Categoria Publica Administrativa Estadual e em consequência foi autorizada a mudança da marcas de matricula de PP-DXQ para PP-ECB, em 03SETEMBRO1953.
Em 30AGOSTO1960, foi vendida pelo Governo do Estado de Pernambuco para o Sr. Alfredo Bezerra Bandeira de Melo residente na cidade de Recife-PE, quando foi autorizada a mudança das marcas de PP-ECB para PT-BJO e classificando a aeronave na categoria TPP- Privada,Transportes Privados.
Em 05MARÇO1963, foi vendida para o Sr.Arivaldo Carvalho, residente na cidade de Aracajú-SE. Em 02AGOSTO1965 foi vendida para o Sr.Antonio Salles Liberato de Mattos residente na cidade de Salvador-BA. Em 13ABRIL1967 foi vendida para os Srs. Martinho Menezes da Fonseca e Ieda de Goes Mascarenhas, residentes na cidade de Valença-BA, permanecendo na mesma categoria TPP.
Em 03JUNHO1969 foi vendida para os Srs. Silvio Otoni e Maria Lucia Morilla, residentes na cidade de Tres Lagoas-MT, mantendo a mesma categoria TPP. Em 20JULHO1970 foi vendida para o Sr. Elenir Pulcena do Amaral, residente em Campo Grande-MT, permanecendo na mesma categoria TPP. Em 14OUTUBRO1974 a aeronave foi vendida para GIACONDO ANTONIO NEGRO, residente em Limeira-SP, permanecendo na categoria TPP. Em 24NOVEMBRO1978 foi vendida para o Sr. Luiz Alberto Gambassi, residente em São Paulo-SP.
Em 03SETEMBRO 1985 adquiri a aeronave PT-BJO do Sr. Luiz Alberto Gambassi que era Diretor da Cargil e que nessa ocasião residia em Bebedouro-SP, mudando o aeródromo de registro para minha residencia em Jaboticabal-SP/SDJC e na mesma categoria TPP.
________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário